A importância de escolher o tema do seu curso

cancelar
Mostrar resultados para 
Pesquisar em vez de 
Queria dizer: 

A importância de escolher o tema do seu curso

Bella
Community Moderator
Community Moderator

Olá instrutores!

 

Hoje trouxemos um post criado pelo instrutor @FrankKane sobre a importância de escolher o tema/tópico do seu curso na Udemy. Frank está com a Udemy desde 2015 e já ensinou mais de 600.000 estudantes em todo o mundo habilidades valiosas em machine learning e análise de dados. Ele é um campeão da comunidade inglesa desde 2019. Confira o que o Frank têm a dizer sobre a escolha do tópico ideal abaixo!

 

 

O que os alunos precisam.png

 

Se existe uma coisa que é importante para um instrutor que está criando um curso pela primeira vez, é escolher o tópico certo para ensinar. Então, aqui estão meus próprios pensamentos sobre como abordar isso.

 

A maior decisão que você pode tomar ao lançar um novo curso é qual tópico você vai ensinar. Se você escolher o tópico errado, não importa quão bom seja o seu curso. Ensinar um tópico que não está em demanda, ou ensinar esse tópico mal, acabará sendo uma perda de tempo. Esta é a única coisa que é absolutamente essencial decidir.

 

Idealmente, você deve encontrar um tópico que você ame e tenha um interesse real. Isso ajudará a mantê-lo motivado durante o longo processo de criação de um curso de qualidade, e tornará mais fácil manter sua energia e entusiasmo enquanto você está gravando o curso. Quando você está ensinando algo que o empolga, essa empolgação se torna contagiante para seus alunos. E isso por si só pode diferenciar seu curso e aumentar o impacto que ele tem nas pessoas que o assistem.

 

Pense nos grandes professores que você teve em sua vida – eles são os que inspiraram paixão em você por um determinado tópico, e aposto que eles fizeram isso demonstrando sua própria paixão pelo tema. Se há um cara que mudou minha vida, foi meu professor de matemática no ensino médio, Sr. Foresta. De alguma forma, ele tornou o cálculo divertido, porque ele mesmo se divertia com ele enquanto ensinava. Seja como o Sr. Foresta. Seja um professor que inspira, ensinando algo que você ama.

 

No entanto, a paixão por si só não é suficiente. Você precisa saber do que está falando e seus alunos em potencial precisam confiar que você é um especialista no que está sendo ensinado. A Udemy não avalia seus instrutores de forma alguma, nem nossos cursos são credenciados de forma alguma. Então, cabe ao aluno identificar se você vai ou não poder ensinar informações precisas e completas, e não apenas inventar coisas.

 

Você precisa ser capaz de se estabelecer como uma autoridade em seu tópico antes que os alunos confiem em você o suficiente para ensiná-los. Talvez você possa transmitir essa autoridade por meio de sua experiência profissional, por meio de diplomas superiores que obteve na faculdade ou administrando um negócio de sucesso relacionado ao tópico que está ensinando. Mas você não pode simplesmente ler um livro e se declarar um especialista em algo e esperar que os alunos lhe deem dinheiro para aprender com você.

 

Você precisa ter algum tipo de experiência real no campo que você está ensinando. Isso não apenas dá confiança aos alunos ao se matricular em seu curso, como também dá confiança a você enquanto ensina. Os alunos sentirão sua incerteza se você estiver ensinando algo que realmente não conhece, e isso só leva a menos vendas e resenhas ruins. 

 

O círculo mais importante neste diagrama de Venn é “o que os alunos precisam”. Você já sabe quais tópicos lhe interessam e no que você é uma autoridade, mas os alunos da Udemy não se importam com seus interesses pessoais. Eles estão procurando por habilidades específicas de que precisam, geralmente para melhorar sua carreira, ganhar mais dinheiro ou resolver algum problema real e urgente que estão enfrentando. Muitos instrutores se concentram na interseção de “o que você ama” e “no que você é uma autoridade” e produzem um curso sobre isso, a fim de “seguir sua paixão”. Mas se sua paixão é a cestaria subaquática, bem, bom para você - mas você não encontrará ninguém disposto a pagar nem US $ 10 na Udemy para aprender cestaria subaquática. Eles podem aprender coisas assim de graça no YouTube e, como aprender a tecer cestas debaixo d'água não vai ajudá-los a ganhar dinheiro ou promover suas carreiras. Eles não vão à Udemy procurando ativamente por cursos sobre esse tópico para gastar o dinheiro deles.

 

Se você está procurando sucesso financeiro na Udemy ou ter um alcance significativo, precisa ensinar coisas que resolvam um problema real para os alunos na plataforma da Udemy. Coisas que são tão dolorosas que eles vão procurar ativamente por esse tópico na Udemy e gastar seu dinheiro para aprender sobre isso. Por exemplo, eu ensino tópicos relacionados a machine learning, big data e inteligência artificial. Há muitas pessoas que sabem que suas carreiras técnicas não podem avançar sem entender esses campos emergentes e temem por sua subsistência se não as aprenderem. O que estou vendendo é alguma confiança em tópicos de tecnologia emergentes que permitirão que as pessoas continuem avançando em suas próprias carreiras técnicas. É óbvio que gastar US $ 10 para isso vale a pena. Então pergunte-se: o valor do que você está ensinando resultará em um retorno tão grande para o aluno que ele estará disposto a desembolsar seu dinheiro para aprender? Se não, então você não está ensinando o tópico certo.

 

“Necessidade” também implica que ainda não existem vários cursos incríveis em seu tópico que atendem a essa necessidade. A demanda por um tópico é apenas metade da equação; você também precisa ter certeza de que pode produzir um curso que seja substancialmente melhor do que os cursos que já existem para esse tópico, se houver algum. Se cursos concorrentes já atendem às necessidades desses alunos, o que você pode oferecer de melhor? Felizmente, você não precisa adivinhar quais problemas os alunos da Udemy estão lutando para resolver – a Udemy fornece a ferramenta Marketplace Insights para que você possa coletar dados reais sobre a demanda e a concorrência de um tópico que está considerando. Mas isso é assunto para outro post.

 

Autor: Frank Kane

 

E você, quais dicas você daria para um instrutor que ainda não sabe qual tópico deve ensinar? Comente abaixo!